Os homens e as mulheres que decidiram constituir a Alternativa Portugal, depois de uma profunda reflexão e preocupados com o futuro de Portugal e dos Portugueses, fizeram-no por entenderam ser necessário dar voz à defesa dos valores e princípios transcendentes da civilização cristã que hoje são marginalizados na vida pública portuguesa.

Decidiram esses portugueses, pois, romper com o actual estado de coisas para garantir, aos que como eles pensam, a oportunidade de trabalhar, todos juntos, num projecto político que seja capaz de defender publicamente e de uma forma coerente e determinada o que muitos sentem mas guardam em silêncio.

Os que hoje damos forma à Alternativa Portugal, fazemo-lo para defender ideias, para dar corpo a um programa de defesa de Portugal, dos Portugueses e da sua identidade, pela preservação dos valores morais e tradicionais da Vida e da Família, pela humanização da vida económica e pela transparência na vida política nacional.

A Alternativa Portugal constitui-se como um movimento político ao serviço deste amplo programa de valores e princípios inspirados na Lei Natural e na doutrina moral e social cristã, que consideramos tão irrenunciáveis como necessários, e que são capazes de unir num único projecto, numa alternativa credível, o património do passado com o presente, a tradição com os novos desafios que os tempos que correm colocam à sociedade em que vivemos.

A Alternativa Portugal é, em poucas palavras, o projecto político dos homens e mulheres que consideram ser possível construir um Portugal moderno sem renunciar às nossas raízes históricas.

Alternativa Portugal


» Imprimir Comunicado em versão PDF